Crescendo na graça e no conhecimento

Lições 4.o Trimestre 2013

Lições 4.o Trimestre 2013
Conselhos para a vida

Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 2 - Advertências Contra o Adultério
Lição 3 - Trabalho e Prosperidade
Lição 4 - Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
Lição 5 - O Cuidado com Aquilo que Falamos
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos
Lição 7 - Contrapondo a Arrogância Com a Humildade
Lição 8 - A Mulher Virtuosa
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus
Lição 11 - A Ilusória Prosperidade dos Ímpios
Lição 12 - Lança o teu Pão Sobre as Águas
Lição 13 - Tema a Deus em todo o Tempo

Comentarista:

José Gonçalves - Pastor, Professor de Teologia, Escritor e Vice-presidente da Comissão deApologética da CGADB; Comentarista das revistas de Escola Dominical da CPAD.

28 de dezembro de 2009

Shows religiosos a peso de ouro

Uma das grandes atrações do projeto Natal em Natal foi a participação do padre Fábio de Melo, que se apresentou no Estádio Machadão, em Natal, na noite do Natal.
Valor da participação do padre: R$ 221 mil. O contrato com a empresa Talentos Produções Artísticas foi publicado no Diário Oficial do Município.
Entre todos os cantores e atores que estão participando do projeto Natal em Natal, o cachê de padre Fábio é recorde.

No blog do jornalista Ricardo Noblat, no O Globo, as explicações:
Durante o show em comemoração aos 410 anos da cidade e aos centenário da Diocese de Natal, ocorrido sexta-feira (25), no Machadão, o padre Fábio de Melo pediu licença para explicar ao público natalense a polêmica veiculada pela imprensa potiguar de que seu cachê teria sido no valor de R$ 221 mil.
"No dia de ontem, fui surpreendido com a notícia publicada na internet, de maneira maldosa, de que meu cachê era de mais de R$ 200 mil. Fui professor de hermenêutica e sei que toda frase pede contexto e por isso gostaria de explicar a vocês algo de bastidor", declarou o padre.
Fábio de Melo explicou que o show em Natal estava "costurado com mais três eventos no Nordeste". "Fazer show no NE realmente é caro, especialmente em uma data como o Natal, na qual não podemos tirar nossos profissionais de casa sem pagar dobrado a eles. Além disso, não poderíamos contar com vôos comerciais porque tínhamos compromissos em Taubaté (SP) na manhã de hoje, por isso a necessidade de um jato, que custa cerca de R$ 90 mil. Infelizmente, os eventos em João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e em uma cidade do interior foram cancelados. Liguei para ela na quinta-feira, me dispus a cancelar o evento e a vir apenas para participar da celebração para estar com o povo de Natal, mas a prefeita Micarla de Sousa não quis ferir o compromisso. Esta situação não depende de nos. Tenho consciência e faço questão de dizer que não recebi R$ 200 mil", enfatizou.
“Gostaria de dizer para Natal, para igreja de Dom Matias, padres e bispos presentes que nós nos comprometemos a, dentro de uma temporada de shows no NE que faremos em breve, a vir novamente a Natal, cantar de graça. Fazemos questão de escolhe uma obra que mereça esta doação, esta graça”, afirmou.
Padre Fábio continuou a falar com as pessoas que lotaram o Machadão sobre o uso do dinheiro público. "Gostaria de pedir desculpas pela notícia maldosa. Não vou mentir, o custo foi este mesmo, mas pelas razões que explicamos. Quero voltar aqui para devolver cada centavo pago por este show, pois para nós o principal motivo de estarmos aqui foi a alegria de atender ao pedido da prefeita que disse que o povo de Natal estava esperando. Eles querem colocar o caráter da gente em notícia curta. Não deixe que façam isso com você. Queria vir à Natal e sair com o coração tranqüilo", ressaltou o padre
Em seu Twitter, após a realização do evento, o padre disse:
“Minha gente, o show de Natal precisa de vários esclarecimentos. Eu também espero por eles. Quando eu soube do custo do evento eu quis cancelar. Eu me propus a vir só para missa, mas a organização preferiu não cancelar em respeito às caravanas que vieram do interior. Quanto aos problemas estruturais eu não posso dizer nada. Apenas lamento. Quero mais uma vez afirmar que já estou comprometido com Dom Matias (arcebispo de Natal) para voltar a Natal com o objetivo de realizar um evento totalmente... Para uma de suas obras de caridade. Aos que acham que eu recebi 221 mil reais para cantar na noite de ontem eu não tenho o que fazer. Tenho 14 anos de evangelização pela música e nunca aceitei qualquer forma de corrupção no meu trabalho ou na equipe que me assessora. Sempre trabalhamos de forma simples, sem grandes recursos. Com a projeção nacional muita coisa escapa ao controle. Mas não tenho nenhum problema em parar tudo isso. Antes de qualquer coisa eu sou padre. Minha realização está nisso”.


Em nota oficial, a Prefeitura do Natal, por sua vez, justifica os gastos:

NOTA OFICIAL

O show do Padre Fábio de Melo é comemorativo a duas datas importantes: 100 anos da Diocese de Natal e aniversário de 410 anos da capital do RN. A empresa Talento Produções Artísticas, que detém o contrato de exclusividade do show, foi contratada para agenciar o evento, pelo valor global de R$ 221 mil, conforme publicação no Diário Oficial do Município, do último dia 23 de dezembro.

Estão inclusos na despesa valores de salários, diárias e despesas de alimentação de equipe com cerca de 25 pessoas, valores de passagem aérea para a maioria destas pessoas, valores para fretamento de avião para trazer parte dos músicos, valores de hospedagem de todos os profissionais, valores do transporte para profissionais e equipamentos de som e luz que acompanham o show.

A Prefeitura do Natal, que coordena o evento junto com a Arquidiocese de Natal, não terá qualquer despesa extra que porventura possa acontecer, para a realização do evento. Tudo ficará a cargo da empresa agenciadora contratada. Por se tratar de uma data bastante concorrida (25 de dezembro – dia de Natal), todos estes custos listados acima tendem a ser maiores. A Prefeitura continua à disposição para outros esclarecimentos.

Realmente estamos vivendo dias difíceis, dias trabalhosos, os últimos dias que antecedem a volta de Cristo quando vemos um (?!) pop star religioso pós-moderno (seja católico ou evangélico), aproveitar-se da fama e faturar alto.
Esquecem do conselho de Cristo em Mateus 10:5-10, dizendo: “A estes doze enviou Jesus, e ordenou-lhes, dizendo: Não ireis aos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; e indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus. Curai os enfermos, ressuscitai os mortos, limpai os leprosos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Não vos provereis de ouro, nem de prata, nem de cobre, em vossos cintos; nem de alforje para o caminho, nem de duas túnicas, nem de alparcas, nem de bordão; porque digno é o trabalhador do seu alimento”.
A Bíblia responde por si só.


Fonte: http://blog.tribunadonorte.com.br/panoramapolitico
Blog do Noblat

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco


Se copiar algum texto, favor citar a fonte com o nome do autor e o link deste blog.