Crescendo na graça e no conhecimento

Lições 4.o Trimestre 2013

Lições 4.o Trimestre 2013
Conselhos para a vida

Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 2 - Advertências Contra o Adultério
Lição 3 - Trabalho e Prosperidade
Lição 4 - Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
Lição 5 - O Cuidado com Aquilo que Falamos
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos
Lição 7 - Contrapondo a Arrogância Com a Humildade
Lição 8 - A Mulher Virtuosa
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus
Lição 11 - A Ilusória Prosperidade dos Ímpios
Lição 12 - Lança o teu Pão Sobre as Águas
Lição 13 - Tema a Deus em todo o Tempo

Comentarista:

José Gonçalves - Pastor, Professor de Teologia, Escritor e Vice-presidente da Comissão deApologética da CGADB; Comentarista das revistas de Escola Dominical da CPAD.

24 de agosto de 2011

Missão da Igreja: Ensinar - O Ensino Cristão

 INTRODUÇÃO

            O ensino é outro aspecto fundamental  que corrobora no cumprimento da missão da Igreja.
            Jesus pregava e ensinava (Mateus 11:1). E o povo ouvia. Os milagres aconteciam, mas depois Jesus ensinava e o povo ouvia. No templo, à beira do lago ou no monte, o povo se assentava para ouvir o ensino da palavra de DEUS .  A tarefa do ensino também faz parte da missão da Igreja.
A Igreja não ensina porque precisa formar adeptos, arrecadar dinheiro ou fazer demonstrações de conhecimento ou exercício de intelectualidade bíblica. A Igreja ensinar para formar discípulos, seguidores para o Senhor Jesus.

Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos. Mateus 28.19-20.

O discipulado portanto faz parte da Grande Comissão. Discípulos sadios e fortes são discípulos que aprendem do Mestre Jesus.

A NECESSIDADE DO ENSINO

Muitos lêem a Bíblia mas ainda precisam de alguém que lhes explique. Atos 8:30. Este é o papel do ensinador, do evangelizador, do discipulador. Uma curiosa pergunte que Felipe, o evangelista fez a um homem que lia as escrituras torna-se pertinente: Compreendes o que vens lendo? As pessoas precisam compreendem o sentido real do contexto das escrituras, não é de particular interpretação.  2 Pedro 1:20. A Igreja Vitoriosa ensina e tem compromisso com a verdade.
Muitos cristãos sofreram pelo fato de não terem recebido um discipulado coerente, ou sequer foram ou estão sendo discipulados. Alguns crescem como “DEUS criou batatas”, como diz a expressão popular. Um verdadeiro milagre. Muitos porém entram pela porta da frente e saem pela porta dos fundos da Igreja justamente pela falta do discipulado. Outros ficam mirrados, e não se desenvolvem genuinamente, tomando leite racional na idade em deveriam estar comento alimento sólido. Hebreus 5:12; 1 Coríntios 3:2. 
Vale salientar que o trato dos recém conversos como eternos bebês pode gerar ovelhas mimadas, que precisam deixar o leite não falsificado e depois passar a comer carne, tornando-se maduros e sãos na fé. A Igreja Vitoriosa cuida da formação das crianças do seu berçário para que os novos convertidos possam crescer sadias na graça e no conhecimento. 2 Pedro 3:18.
Umas das formas mais eficazes para a formação dos membros da Igreja vitoriosa é o ensino sistemático na Escola Bíblica Dominical. Criada a princípio para dar formação secular a menores de rua, a EBD tornou-se o maior escola teológica da Igreja do Senhor. Conteúdos são assimilados, temas são debatidos, dúvidas esclarecidas; discípulos formados; ministérios identificados e despertados. Desta maneira a Igreja Vitoriosa é confirmada na fé pela presença do Espírito Santo, o professor por excelência, na instrumentalidade daqueles que receberam o dom do Senhor para assim se dedicarem ao ensino: 

E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo. Até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de DEUS, à perfeita varonilidade, à medida da estatura da plenitude de Cristo, para que não mais sejamos como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Efésios 4.11-14.

O ensino teológico

Por muitos anos a Igreja sofreu por falta de conhecimento da Palavra de DEUS. A época da Idade Média marcou a História da Igreja como a era das trevas quando somente os líderes religiosos tinham acesso aos Escritos Sagrados. Mas sem profecia o povo se corrompe. Provérbios 29:18.   
O ensino teve tamanha importância que deu origem às Universidades, com o escolasticismo, antes com peso de formação teológica, seguido das artes, direito e medicina que se perdeu com o tempo.
Com a diversidade de denominações e Igrejas evangélicas, a partir da Reforma Protestante, muitos seguiram seus próprios caminhos.
A área do ensino foi desprezada por alguns que viam com desconfiança a formação pelo estudo da Teologia, chamada preconceituosamente por alguns de “tia Luzia”e os seminários, “fábricas de pastores.”  Mas este preconceito tem sido vencido, graças a DEUS.
Por outro lado, outros grupos se dedicaram de tal maneira ao estudo distorcido das letras que deram descaminhos à teologia criando nichos de pensamentos heterodoxos como a teologia liberal, teologia da libertação, o a volta do gnosticismo, trazendo mais perigos que ajuda ao crescimento da Igreja. Mas o estudo fiel e verdadeiro da Palavra nunca deve ser desprezado.
Para aumentar a visão bíblica dos cristãos, hoje muitas escolas de profetas têm sido abertas, os cursos teológicos. Graças a DEUS que a Palavra do Senhor não está presa. O perigo maior reside no zelo individualista ensimesmado, seja denominacional ou não,  em sua ótica sem dar brechas ao pensar do outro.
No aprendizado da Teologia, como sempre se fala nos seminários, devemos separar as espinhas e aproveitar o peixe.  Alguns comem carne; outros, só legumes.
Na verdade o importante é obedecer ao Senhor e permanecer na vocação em que fomos chamados sem nos desviar nem para a direita nem para a esquerda. Na diversidade da Igreja, a vitória está em compreender, aceitar e até mesmo suportar o outro, para garantir a unidade do Espírito pelo vínculo da paz. 


A UNIDADE NA DIVERSIDADE


Importa que, nos templos, nas casas, nos congressos, nas ruas, a boa e sã doutrina de DEUS continue a gotejar como a chuva, que a Sua Palavra destile sobre todos como o orvalho, como chuvisco sobre a relva e como gotas de água sobre a erva. Deuteronômio 32:2.  Em alguns meios evangélicos doutrina significava ensinar um conjunto de versículos mirabolantes articulados em um linguajar teológico rebuscado, recheado de originais no grego e pobre de conteúdo prático; em outros meios, em uma visão simplista, doutrina era simplesmente repetir, semana após semana, a lista dos “não pode”.
É preciso também conferir com a Palavra de DEUS aquilo que ouvimos assim como os bereanos da igreja primitiva; é preciso buscar no livro do Senhor, a Bíblia Sagrada, nossa regra de fé e prática, e ler o seu conteúdo Isaías 34:16. Sem fazer aquela leitura seletiva tipo doce brigadeiro da caixinha de promessas.
É preciso comer o livro todo:

Filho do homem, dá de comer ao teu ventre e enche as tuas entranhas deste rolo que eu te dou, vai e fala à casa de Israel. disse o Senhor ao profeta Ezequiel antes de usá-lo como arauto. Assim também o fez a João, o apóstolo amado: Fui, pois, ao anjo, dizendo-lhe que me desse o livrinho. Ele, Então, me falou: Toma-o e devora-o; certamente, ele será amargo ao teu estômago, mas, na tua boca, doce como mel. Tomei o livrinho da mão do anjo e o devorei, e, na              minha    boca, era doce como mel; quando, porém, o comi, o meu estômago ficou amargo. Apocalipse 10:9 e 10.

O pior de tudo é quando se tenta transmitir ao povo de DEUS outra doutrina, pela artimanha dos homens, pela astúcia com que induzem ao erro. Leia Judas cap. 01. Estes na verdade são lobos devoradores disfarçados em meio ao rebanho (Mateus 7:15), querendo se aproveitar das ovelhas em todos os aspectos que se pode imaginar. Algumas dessas ovelhas, por sua vez, se acham tão grandes que não cabem dentro das igrejas. Os papéis se inverteram e as igrejas locais estão se amoldando a um novo perfil de cristão pós-moderno, o cliente que precisa ser paparicado, satisfeito em todas as suas expectativas.  Não tem a humildade suficiente para se enquadrar nos preceitos de uma igreja local.
A Igreja vencedora, porém discerne tudo, refuta, rechaça e rejeita toda e qualquer espécie de vento de doutrina contrária à simplicidade do evangelho, visto que não foi assim que aprendemos a Cristo, se de fato, o temos ouvido e nele fomos instruídos, segundo é a verdade em Jesus. (Efésios 4:20,21)
Jesus ensinava a verdade recebida do Pai e assim transmitia a todos. (João 12:50). Nas campinas, nas ruas, na praia e em particular, no sermão do monte. Ensinava com autoridade e não como os religiosos contemporâneos. Lucas 4:32. Ensinava práticas de vida de um cidadão digno dos céus, incitando o povo a seguir o Seu exemplo.
Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração, aconselhou o Senhor. Mateus 11:29. Aprender de Jesus. Os meios são os mais diversos. A escola bíblica dominical é uma fonte de aprendizado indispensável para o cristão; o serviço de discipulado é outra fonte fundamental de aprendizado para o recém- convertido da Igreja. Em todos os momentos onde dois ou três se reunirem em nome de Jesus ocorre a oportunidade singular de se ouvir a Sua voz e aprender os seus ensinamentos.
Graças a DEUS que a Igreja vencedora tem crescido na graça e no conhecimento do Senhor, ao obedecer de coração à formas de doutrina a que fomos entregues, conforme ensinou Paulo, não mais sendo como meninos, agitados de um lado para outro e levados ao redor por todo vento de doutrina, Pelo contrário perseverando firmes na doutrina de DEUS, nosso Salvador (Tito 2:10), ensinada pelos apóstolos (Atos 2:42) 

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco


Se copiar algum texto, favor citar a fonte com o nome do autor e o link deste blog.