Crescendo na graça e no conhecimento

Lições 4.o Trimestre 2013

Lições 4.o Trimestre 2013
Conselhos para a vida

Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 2 - Advertências Contra o Adultério
Lição 3 - Trabalho e Prosperidade
Lição 4 - Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
Lição 5 - O Cuidado com Aquilo que Falamos
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos
Lição 7 - Contrapondo a Arrogância Com a Humildade
Lição 8 - A Mulher Virtuosa
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus
Lição 11 - A Ilusória Prosperidade dos Ímpios
Lição 12 - Lança o teu Pão Sobre as Águas
Lição 13 - Tema a Deus em todo o Tempo

Comentarista:

José Gonçalves - Pastor, Professor de Teologia, Escritor e Vice-presidente da Comissão deApologética da CGADB; Comentarista das revistas de Escola Dominical da CPAD.

3 de julho de 2011

A nova vida com Cristo

O passo inerente à salvação é a confissão diante dos homens a decisão de aceitar a Cristo como Salvador e Senhor, que justifica o pecador diante de DEUS, pela fé. Mateus 10:32; Lucas 12:8. Basta tão somente crer. Todo aquele que nele crê não será confundido. Romanos 9:33; 10:11.
Quando a real convicção de salvação invade o coração  nada mais pode abalar a confiança do novo discípulo, que passa assim a enxergar as coisas espirituais, tendo os olhos desvendados pela luz do Evangelho de Cristo que resplandeceu em sua vida, mostrando um novo e melhor caminho a seguir.  2 Timóteo 1:10.
É por fé que o novo convertido passa a viver:

Sem fé é impossível agradar a DEUS, pois aquele que se aproxima de DEUS precisa crer em seu coração que Ele existe, e que é galardoador dos que O buscam. Hebreus 11:6.

Quanto ao trato das coisas passadas, não passarão de lembranças, cicatrizes de feridas saradas pelo poder purificador e regenerador do Espírito Santo. “Aquele que está em Cristo nova criatura é; as coisas velhas se passaram e eis que tudo se fez novo.” II Coríntios 5:17.
Portanto, “agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.” Romanos 8:1.
A Igreja proclama e efetua o batismo de arrependimento para o perdão dos pecados. Daí a incoerência do batismo de recém-nascidos.
O novo seguidor de Cristo desce às águas batismais cumprindo uma das ordenanças de Cristo, o batismo em nome do Pai, do filho e do Espírito Santo (Mateus 28:19). Sendo desta forma sepultado com Cristo pelo batismo na morte, para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim ande em novidade de vida. Romanos 6:4.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco


Se copiar algum texto, favor citar a fonte com o nome do autor e o link deste blog.