Crescendo na graça e no conhecimento

Lições 4.o Trimestre 2013

Lições 4.o Trimestre 2013
Conselhos para a vida

Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 2 - Advertências Contra o Adultério
Lição 3 - Trabalho e Prosperidade
Lição 4 - Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
Lição 5 - O Cuidado com Aquilo que Falamos
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos
Lição 7 - Contrapondo a Arrogância Com a Humildade
Lição 8 - A Mulher Virtuosa
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus
Lição 11 - A Ilusória Prosperidade dos Ímpios
Lição 12 - Lança o teu Pão Sobre as Águas
Lição 13 - Tema a Deus em todo o Tempo

Comentarista:

José Gonçalves - Pastor, Professor de Teologia, Escritor e Vice-presidente da Comissão deApologética da CGADB; Comentarista das revistas de Escola Dominical da CPAD.

4 de agosto de 2011

QUE TRISTEMUNHO

Algumas distorções nas práticas de vida em dissonância com o que ensina a Palavra de Deus produzem verdadeiros “tristemunhos”, ou seja, maus testemunhos de cristãos confessos que não ratificam com as ações o que dizem ou pregam.

Um aspecto aponta para crentes performáticos, que vivem no “fogo” 24 horas por dia, distantes das mais elementares obrigações sejam elas sociais, profissionais, devocionais ou mesmo individuais. Outros parecem que são e não são; já outros não são e nem fazem questão de ser apesar do cartão de membro. Outros fazem questão dizer que são para usufruirem do status para defraudar a outros, incautos.

Vejamos alguns exemplos práticos típicos:

 1. Pessoas que planejam uma consagração total de 60 dias (implícito está a abstinência sexual), sem a concordância do cônjuge, muitas vezes descrente, sob o pretexto de busca da santidade. A este grupo também pertence o profissional que sobe os montes para participar de vigílias de oração durante o meio de semana, chegando por três horas atrasado ao trabalho, e recebendo a devida repreensão do chefe. Os dois comportamentos frutos da falta de sabedoria são considerados como ação do inimigo que está se levantando para impedir a obra do Senhor. Puro engano, tristemunho;

2.       Existe aquele grupo que nem fede nem cheira. Depois que o camarada se aposenta é que os colegas de trabalho são convidados para o culto de ação de graças, um verdadeiro crente invisível;

3.       Outro grupo faz de tudo que os outros ímpios fazem, sem a menor cerimônia. Quando confrontados pelos não convertidos evasivamente afirma ser evangélico mas sem ser fanático;

4.       Outros criticam tudo o que acontece na Igreja: do pastor ao porteiro ninguém escapa a língua afiada e quase dá glória a Deus quando um dos pequenos tropeça e cai em pecado, arrotando uma arrogância santa, na verdade cruel, impiedosa e sem misericórdia;

5.       Outros mercadejam a preciosa semente, vendendo curas, bênçãos, portas de emprego, casamentos, verdadeiras profetadas,  tentando enganar os símplices que não tem direito a reclamações posteriores. Se não recebeu foi porque o cliente não teve fé. Que tristemunho;

6.       Políticos e cabos eleitorais evangélicos que praticam o clientelismo, o proselitismo, sob o pretexto de o fim justificar os meios, todo mundo faz. Usam como slogan a soberba de o Brasil, o estado, a cidade, o bairro, a associação ser do Senhor Jesus, que sequer é consultado. Belo Tristemunho.

Poderíamos levantar mais exemplos mas está bom ficar por aqui, mas sem calar diante dos que pensam colocar todos dentro de um balaio só por conta do tristemunho dos que compram e não pagam, prometem e não cumprem, cantam mas não louvam a Deus, prometem mundos e fundos mas ficam só na promessa e no tristemunho.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco


Se copiar algum texto, favor citar a fonte com o nome do autor e o link deste blog.