Crescendo na graça e no conhecimento

Lições 4.o Trimestre 2013

Lições 4.o Trimestre 2013
Conselhos para a vida

Lição 1 - O Valor dos Bons Conselhos
Lição 2 - Advertências Contra o Adultério
Lição 3 - Trabalho e Prosperidade
Lição 4 - Lidando de Forma Correta com o Dinheiro
Lição 5 - O Cuidado com Aquilo que Falamos
Lição 6 - O Exemplo Pessoal na Educação dos Filhos
Lição 7 - Contrapondo a Arrogância Com a Humildade
Lição 8 - A Mulher Virtuosa
Lição 9 - O Tempo para Todas as Coisas
Lição 10 - Cumprindo as Obrigações Diante de Deus
Lição 11 - A Ilusória Prosperidade dos Ímpios
Lição 12 - Lança o teu Pão Sobre as Águas
Lição 13 - Tema a Deus em todo o Tempo

Comentarista:

José Gonçalves - Pastor, Professor de Teologia, Escritor e Vice-presidente da Comissão deApologética da CGADB; Comentarista das revistas de Escola Dominical da CPAD.

20 de outubro de 2011

Vencendo a Tentação do Ter


           Um dos grandes conflitos da Igreja na sociedade pós-moderna está na busca incessante de manter o sabor de sal para adubar a terra e o nível de luminosidade em meio às densas trevas, em meio ao crescimento desordenado e desfigurado dos evangélicos em nosso país, muitos sem raízes plantadas junto ao ribeiro de águas.
            O problema reside no fato de que a filosofia do TER agasalhada na teologia moderna e professada nos púlpitos com palavras de ordem e slogans que estão mais para produto de campanha de marketing do que um “Assim diz o Senhor”, mascarou a necessidade do ser.
            Ter milhares e milhares de crentes evangélicos no rol de membros da denominação não produz necessariamente crentes que queiram ganhar outros para Cristo, quem sabe alguns apenas ávidos consumidores de bênçãos materiais: como montar a empresa, comprar o apartamento, alcançar a cura.
            Quando esta busca se torna um fim e razão de ser de uma Igreja local, isto se torna um dogma a ser combatido a fim de o discípulo voltar a condição de ser simplesmente um crente, um cristão autêntico, o que não é pouca coisa. Independentemente se a conta bancária tem muito mais ou muito menos zeros à direita, sendo pobres mas enriquecendo a muitos. 2 Coríntios 6:10. E se as vossas riquezas aumentam, não colocando nelas a confiança. Salmos 62:10
            Nessa busca do TER, as denominações racham e racham em dissensões, pelejas e contendas que fazem multiplicar as placas de igreja, no entanto, a apagar a luz ao ponto de o pavio ficar apenas a fumegar. Um remanescente que quer vencer a própria visão do que é ser vitorioso aos olhos humanos e carnais e que nos querem empurrar mente adentro, coração abaixo.
            No campo da individualidade, o TER domina a teologia neopentecostal. Doutrina-se o fiel a buscar a vitória financeira, sinônimo para eles de aprovação de Deus, muitas vezes em troca de um “sacrifício” através de uma oferta desafiadora.  A bênção maior da salvação é esquecida ou menosprezada em troca de uma pregação das bênçãos aqui na terra. Santidade, nem se cogita.
            Mas, à exemplo de Tomás de Aquino que confrontou a posição cômoda e regalada da Igreja abastada de sua época, não podemos dizer que não temos prata nem ouro porque temos os recursos, temos os megatemplos, temos as multidões, mas precisamos ser vitoriosos continuando a dizer aos aleijados do corpo e da alma: - Levanta-te, e anda! E o coxo levantar, andar, glorificar a DEUS e seguir a Jesus conforme as Escrituras, brilhando e temperando o mundo com um testemunho de fidelidade de busca do reino de Deus.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Entre em contato conosco


Se copiar algum texto, favor citar a fonte com o nome do autor e o link deste blog.